Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ucsal.br:8080/jspui/handle/123456730/280
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Jovens e cidadãos? uma análise sobre o princípio de cidadania ativa no ProJovem Urbano
metadata.dc.creator: Carvalho, Leila Tibiriçá de
metadata.dc.contributor.advisor1: Castro, Mary Garcia
metadata.dc.contributor.referee1: Delgado, Josimara Aparecida
metadata.dc.contributor.referee2: Calazans, Márcia Esteves de
metadata.dc.contributor.referee3: Silva, Ronalda Barreto
metadata.dc.description.resumo: Frente às desigualdades sociais evidenciadas ao longo da história do Brasil, muitos jovens são tratados como um “problema social” a ser contido ou assistido, reproduzindo uma codificação negativa, não os considerando como sujeitos-cidadãos. A partir da discussão sobre a construção da cidadania nas políticas brasileiras, este estudo visa analisar a concepção de cidadania ativa no ideário do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem Urbano - PJU) e discussão sobre o alcance e limites dessa, assim como sua prática, ao concebê-lo como parte de uma política pública voltada para a juventude (PPJs) neste país. Busca-se assim analisar as ações desenvolvidas (planejamento, implementação e avaliação), no período de 2008 a 2011, para que os jovens reconheçam os seus direitos e deveres, saibam buscar os seus direitos e saibam reconhecer os direitos dos outros, como membros pertencentes a uma comunidade. Este estudo se pretende uma análise documental referente a diferentes momentos do ProJovem Urbano tendo como campo básico uma leitura própria da documentação sobre o mesmo, considerando a literatura relacionada à juventudes, políticas e cidadania. Para tal análise, de forma suplementar, recorremos a algumas entrevistas semiestruturadas com jovens que participaram do PJU no município de Salvador em 2010. Os dados obtidos foram organizados e descritos através da análise de discurso (LEFEVRE; LEFEVRE, 2005; GILL, 2002) estabelecendo categorias de acordo com os objetivos da pesquisa. A partir desta análise constata-se a defasagem das concepções apresentadas no planejamento desse programa com o que ocorreu na prática, contribuindo para o próprio esvaziamento do conceito de cidadania, devido à pluralidade de definições. Percebe-se ainda a dificuldade das jovens entrevistadas em se reconhecerem como sujeitos-ativos, pertencentes à sociedade brasileira e responsáveis pela transformação da realidade na qual estão inseridas, o que proporciona a problematização da coerência entre estas ações do PJU e das PPJs. Desta forma, este estudo pretende contribuir com o acréscimo de material bibliográfico sobre o reconhecimento dos jovens como cidadãos, ao possibilitar a identificação de pontos de discussões para o desenvolvimento de políticas que visem o princípio da cidadania ativa, além de incentivar a construção acadêmico-científica e social sobre as juventudes brasileiras.
Abstract: Faced with social inequalities evident throughout the history of Brazil, many young people are treated as a "social problem" to be contained or assisted, repeating a negative codification, not considering themselves as citizen-subjects. From the discussion on the construction of citizenship in Brazilian policies, this study aims to analyze the concept of active citizenship in the ideals of the National Youth Inclusion (Urban ProJovem - PJU) and the discussion on the scope and limits of this, as well as its practical, to conceive it as part of a Public Policy for Youth (PPJs) in this country. The aim is thus to analyze the actions developed in PJU (planning, implementation and evaluation) from 2008 to 2011, so that young people recognize their rights and duties, seek to know their rights and know how to recognize the rights of others, like members belonging to a community. This study aims to make a documental analysis referring to different moments of the program Urban ProJovem having as basic field a reading of documentation on the PJU itself, considering the literature related to youth policies and citizenship. For this analysis, so further, we turn to some semi-structured interviews with young people who participated in the PJU in Salvador in 2010. The data were organized and described through the analysis of discourse (LEFEVRE; LEFEVRE, 2005; GILL, 2002) establishing categories according to the research objectives. From this analysis it appears to lag the concepts presented in the planning of this program what occurred in practice, contributing to the actual emptying of citizenship concept because of the plurality of definitions. It is also noticed a difficulty of the young people interviewed in recognize themselves as active-subjects belonging to the Brazilian society and responsible for the transformation of reality where they are inserted, which contributes to the questioning of the coherence between these actions of the PJU and of the PPJs. Thus, this study aims to contribute to the growth of publications on the recognition of young people as citizens, by enabling to identify possible points of discussion for the development of policies aimed at the development of the principle of active citizenship and contribute to building academic- scientific and social on Brazilian youths.
Keywords: Juventude - Políticas Públicas
Youth
Cidadania Ativa
Active Citizenship
ProJovem Urbano
Urban ProJovem
metadata.dc.subject.cnpq: Sociais e Humanidades
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Catolica de Salvador
metadata.dc.publisher.initials: UCSAL
metadata.dc.publisher.department: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: Políticas Sociais e Cidadania
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/123456730/280
Issue Date: 31-May-2013
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Leila.pdf1.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.