Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://104.156.251.59:8080/jspui/handle/prefix/1537
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorDias, Andrea Machado Teixeira-
dc.date.accessioned2020-04-28T17:29:55Z-
dc.date.available2020-04-28-
dc.date.available2020-04-28T17:29:55Z-
dc.date.issued2009-08-11-
dc.identifier.urihttp://104.156.251.59:8080/jspui/handle/prefix/1537-
dc.description.abstractThis study intended to deepen knowing the clinical prevalence of accidents with children and knowledge on the children hospitalized for accidents, the familiar conditions related about protection, support and responsibility in families who search attendance in unit of emergency for accidents involving children, in the General Hospital of the State, in the city of Salvador, Bahia. It was objectified, more specifically, to know the conditions partner-economic of these families ; to know the perceptions of the responsible gift at the moment of the assistance on factors that involve the accident; to have access to know the declared or supposed justifications for the interlocutor for the occurrence of the accident; to analyze the repercussions of the traumatic event in the future perspectives of protection and responsibility and to correlate given gotten through the interviews with data referring epidemiologists the accidents with children. The collection of the data was carried through 294 interviews with responsible companions of children victims of accidents in form a questionnaire structuralized. The reached band more was of eight at twelve years, followed of the band of one at four years, of the masculine sex predominantly, being the prevalent accidents the falls. In these situations, the mother was declared the main person who take care of the children, in nuclear families. The families possess a child more than, if catholics declare, possess little school level (incomplete basic education), inhabit in its majority in the capital. The work situation sample that the parents are the main suppliers of income. The income until a minimum wage is the sustenance of most of these families. The results point with respect to difficulties in the protection exerted for the family, seen the fragile perception of risks demonstrated by the interviewed families and frequent they say that the responsible one for the accident had been the children or eventuality.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Católica do Salvadorpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAcidentespt_BR
dc.subjectCriançaspt_BR
dc.subjectFamíliapt_BR
dc.subjectAccidentspt_BR
dc.subjectChildrenpt_BR
dc.subjectFamilypt_BR
dc.titleHospitalização por acidentes com crianças e contexto familiar: proteção e responsabilidade na família contemporâneapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/pt_BR
dc.contributor.advisor1Franco, Anamélia Lins e Silva-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/pt_BR
dc.contributor.referee1Alcântara, Miriã Alves Ramos de-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.brpt_BR
dc.contributor.referee2Silva, Célia Nunes-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.brpt_BR
dc.description.resumoTrata-se de um estudo onde se pretendeu aprofundar e conhecer a prevalência clínica de acidentes com crianças e as condições familiares relacionadas à proteção, suporte e responsabilidade em famílias que buscam atendimento em unidade de emergência, no Hospital Geral do Estado, na cidade de Salvador, Bahia. Objetivou-se, mais especificamente, conhecer as condições sócio-econômicas destas famílias; conhecer as percepções do responsável presente no momento da assistência sobre fatores que envolvem o acidente; conhecer as justificativas declaradas ou supostas pelo interlocutor para a ocorrência do acidente e analisar as repercussões do evento traumático nas perspectivas futuras de proteção e responsabilidade. A coleta dos dados foi realizada através de 294 entrevistas com responsáveis acompanhantes de crianças vítimas de acidentes auxiliadas por um questionário estruturado. A faixa etária mais atingida foi de oito a doze anos, seguida da faixa de um a quatro anos, do sexo masculino predominantemente, sendo os acidentes prevalentes as quedas. Nestas situações, a mãe foi declarada a principal cuidadora dos filhos, em famílias nucleares. As famílias possuem mais de uma criança, se declaram católicas, possuem pouca escolaridade (ensino fundamental incompleto), residem em sua maioria na capital. A situação de trabalho mostra que os pais são os principais provedores de renda. A renda até um salário mínimo é o sustento da maior parte destas famílias. Os resultados apontam para dificuldades na proteção exercida pela família, visto a frágil percepção de riscos demonstrada pelas famílias entrevistadas e freqüente responsabilização das crianças ou de eventualidades pelos acidentes ocorridos.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentPró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduaçãopt_BR
dc.publisher.programFamília na Sociedade Contemporâneapt_BR
dc.publisher.initialsUCSALpt_BR
dc.subject.cnpqSociais e Humanidadespt_BR
dc.subject.cnpqMultidisciplinarpt_BR
Aparece nas coleções:Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTACAOANDREADIAS.pdf276.29 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.