Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ucsal.br:8080/jspui/handle/prefix/1658
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Estratégias de enfrentamento da família de uma criança com diagnóstico de hipospádia: relato de caso
Other Titles: Strategies for facing the family of a child with hypospadia diagnosis: case report
metadata.dc.creator: Santos, Mércia Gonzaga da Paixão
metadata.dc.contributor.advisor1: Freitas, Juliana Viana
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Brito, Eliana Sales
metadata.dc.description.resumo: Introdução: A hipospádia é a malformação congênita mais frequente da genitália externa masculina, caracterizada pela abertura anormal da localização do meato uretral. Com a notícia dessa deformidade pode ocorrer uma ruptura da idealização da maternidade, gerando na mãe sentimentos conflituosos. Objetivo: Conhecer as estratégias de enfrentamento elaboradas pela família de uma criança com diagnóstico de hipospádia. Estratégia Metodológica: Estudo descritivo de abordagem qualitativa do tipo relato de caso. Os dados foram coletados mediante aplicação de formulário com questões sociodemográficas para identificação da criança e dos informantes, e através da realização de uma entrevista semiestruturada, com os genitores e avós paternos, o método de análise foi pela perspectiva de minayo, o projeto foi aceito pelo CAAE 15345619.2.0000.5628. Resultados: Os participantes tinham entre 31 e 65 anos, todos com estado civil declarados casados. Quanto a ocupação dos entrevistados, os pais se declararam trabalhadores formais e os avós aposentados. Após análise emergiram três categorias: Momento do diagnóstico, Modos de enfrentamentos e Expectativas futuras. Considerações finais: Este estudo pretende contribuir com a ampliação do conhecimento acerca da experiência da família resultante a descoberta de uma malformação inesperada na criança.
Abstract: Introduction: Hypospadias is the most frequent congenital malformation of the male external genitalia, characterized by the abnormal opening of the urethral meatus location, with the news of this deformith, a rupture in the idealization of motherhood can occur,generating conflicting feelings in the mother. Objective: To know the coping strategies developed by the family of a child diagnosed with hypospadias. Methodological Strategy: Descriptive study with a qualitative approach to the type of case report of a the case report. The data were collected using a form with sociodemographic questions to identify the child and the informants through a semi-structured interview, with parents and paternal grandparents, the method of analysis was from the perspective of minayo, the project was accepted by CAAE 15345619.2.0000.5628. Results: Participants were between 31 and 65 years old, all with marital status declared married. As for the interviewees' occupation, parents declared themselves formal workers and grandparents retired. Regarding the child's health conditions, the interviewees reported a malformation discovered at birth, after analysi three categories emerged: moment of diagnosis, coping modes and future expectations Final considerations: In this study they intend to contribute to the expansion of knowledge about the family experience resulting in the discovery of an unexpected malformation in the child.
Keywords: Hipospádia
Malformação
Família
Hypospadias
Malformation
Family
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências da Saúde
Fisioterapia
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Católica do Salvador
metadata.dc.publisher.initials: UCSAL
metadata.dc.publisher.department: Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ri.ucsal.br:8080/jspui/handle/prefix/1658
Issue Date: Jun-2020
Appears in Collections:Fisoterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCCMERCIASANTOS.pdf377.53 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.