Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ucsal.br:8080/jspui/handle/prefix/415
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Pensando os direitos de cidadania dos/as estudantes africanos/as no Brasil: estudo de caso sobre a política de assistência estudantil na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (2010-2017)
metadata.dc.creator: Souza, Osmaria Rosa
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Julie Sarah Lourau Alves da
metadata.dc.contributor.referee1: Santos, Dyane Brito Reis
metadata.dc.contributor.referee2: Subuhana, Carlos
metadata.dc.contributor.referee3: Ivo, Anete Brito Leal
metadata.dc.description.resumo: Nosso trabalho tem como objetivo analisar o papel desempenhado pela política de assistência estudantil na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), com a finalidade de identificar até que ponto as ações tomadas no âmbito desta assistência, inserida na Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis (PROPAE), levam em conta a efetivação dos/as direitos de cidadania dos/as estudantes africanos/as na universidade. Identificar como a integração e a internacionalização são vistas por estes/as profissionais, enquanto princípios que norteiam o projeto desta universidade. Para isso, fizemos entrevistas com 16 estudantes e profissionais que atuam na operacionalização da política de assistência estudantil na UNILAB. Nosso interesse maior, foi identificar através da fala destes/as estudantes, suas percepções acerca do trabalho desempenhado pela PROPAE na UNILAB, levando em consideração as ações desenvolvidas por essa Pró-Reitoria na universidade. O trabalho revelou que a política de assistência estudantil precisa reformular sua concepção de política social, levando em consideração uma gestão interseccional, em que as vozes dos/as estudantes da UNILAB possam refletir suas ações e projetos de atuação.
Abstract: Our work aims to analyze the role played by the Student Assistance Policy at the University of International Integration of Afro-Brazilian Lusophony (UNILAB), in order to identify the extent to which the actions taken in the scope of this assistance, inserted in the Pro-Rectory of Affirmative and Student Policies (PROPAE), take into account the realization of the citizenship rights of African students in the university. Identify how integration and internationalization are seen by these professionals, as principles that guide the project of this university. For this, we conducted interviews with 16 students, and professionals who work on the implementation of student assistance policy at UNILAB. Our main interest was to identify, through the accounts of these students, their perceptions about the work carried out by PROPAE at UNILAB, taking into consideration the actions developed by this university Pro-Rectory. The work revealed that the Student Assistance Policy needs to reformulate its conception of social policy, taking into account an intersectional management, in which the voices of the UNILAB students may reflect their actions and projects of action.
Keywords: Cidadania
Política de Assistência Estudantil
Racismo
Estudantes africanos
UNILAB
Citizenship
Student Assistance Policy
Racism
African students
UNILAB
metadata.dc.subject.cnpq: Sociais e Humanidades
Multidisciplinar
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Catolica de Salvador
metadata.dc.publisher.initials: UCSAL
metadata.dc.publisher.department: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: Políticas Sociais e Cidadania
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ri.ucsal.br:8080/jspui/handle/prefix/415
Issue Date: 28-Mar-2018
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAOOSMARIASOUZA.pdf2.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.