Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ucsal.br:8080/jspui/handle/prefix/509
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Consumo infantil: o que dizem as famílias? um estudo de casos múltiplos com quatro famílias de Salvador/ Ba
metadata.dc.creator: Rodrigues, Renata Simões Malaquias
metadata.dc.contributor.advisor1: Moreira, Lúcia Vaz de Campos
metadata.dc.contributor.referee1: Borges, João José de Santana
metadata.dc.contributor.referee2: Fornasier, Rafael Cerqueira
metadata.dc.description.resumo: A formação precoce de consumidores na infância é um fenômeno contemporâneo que parece estar associado a questões que envolvem a inserção da criança em seus grupos sociais e à exposição a uma ambiência multimidiática, mas, para além desse aspecto, existe a participação dos pais na construção das referências de consumo da família. Esta dissertação de mestrado tem por objetivo investigar como pais e filhos de classe média de Salvador/BA concebem e lidam com o consumo infantil. Os objetivos específicos foram: (1) Investigar como pais e mães avaliam o consumo na sociedade contemporânea; (2) Identificar quais são as orientações fornecidas pelos pais a seus filhos a respeito do consumo; (3) Verificar quais fatores influenciam o comportamento de compra das crianças, nas perspectivas dos pais e dos filhos das famílias investigadas. Para sua realização, foi feito um estudo de casos múltiplos com quatro crianças e seus respectivos pais e mães, totalizando 12 participantes. No período em que foram realizadas as entrevistas, as crianças tinham nove ou oito anos, eram estudantes do 3º ou 4º ano do Ensino Fundamental I de uma escola particular que atende à população de classe média de Salvador/BA e residiam junto com seus pais e mães. Além disso, era necessário que seus genitores tivessem nível superior completo ou cursando. Os participantes foram acessados em uma escola particular, de Salvador/BA, que atende à população de classe média e foram selecionados por meio de sorteio. Os principais resultados apontaram as seguintes informações acerca da concepção e das práticas das famílias entrevistadas quanto ao consumo das crianças: pais e mães têm faixa etária entre 40 e 44 anos e todos são economicamente ativos e responsáveis pelo sustento da família, sem receber apoio de outras pessoas. A maioria dos pais e mães participantes no estudo possui longa jornada de trabalho, conciliando mais de uma atividade, mas revelam priorizar o tempo disponível para dedicarem-se aos filhos e cônjuges. Todos os pais e mães entrevistados demonstram grande preocupação com as formas de consumo da sociedade contemporânea e afirmam fazer controle de gastos, além de oferecer orientações aos seus filhos quanto ao uso do dinheiro. As avós maternas de três das quatro famílias entrevistadas são citadas como pessoas que presenteiam os netos mais do que seus próprios genitores e uma delas é responsável pela mesada da única criança participante no estudo que recebe esse benefício. Tais avós são avaliadas pelas suas filhas, participantes do estudo, como pessoas de consumo exagerado, característica que consideram negativa, mas que, nem sempre, conseguem deixar de repetir. Essa informação demonstra a relevância da intergeracionalidade no comportamento familiar. Embora afirmem ser importante administrar o dinheiro, os pais e mães demonstram não saber como estão distribuídos seus rendimentos mensais. Todas as crianças entrevistadas consideram a família mais importante do que o dinheiro e o consumo. Pela atualidade e relevância do tema, sugere-se dar continuidade às pesquisas nessa área, de forma a compreender melhor o fenômeno.
Abstract: The anticipated construction of costumers in childhood is a contemporary phenomenon that seems do be associated to questions that involves the introduction of a child into social groups and to their exposition face to a multmedia ambience. But, in dispite of this aspect, there is a parents’s participation face the consumption’s references construction of the family. This master degree dissertation puts the target in discover how Middle Classe parents and their children of Salvador, Bahia recognize and treat the child consumption. The especific goals were: (1) Try to discover how fathers and mothers evaluate the consumption in contemporary society; (2) Identify wich are the guidances given by parents for their children about the consumption; (3) Analyse which are the factors that influence the childern behavior of puchase, from the point of view of parents and children’s investigated families. For this case, it was made a study of twelve multiplus cases with four children and their parents. In the enterview time, the children were nine or eight years old; they were kindergarten students of a private school for Middle Class population of Salvador/Bahia and they lives with their mothers and fathers. The main results sinalize these following information about the conception and the rotine of the enterviewee families about the consumption of children: fathers and mothers are between 40 and 44 years old and all of them are economically active and responsible for the maintenance of their families, without any other kind of suport. The majority oh the parents has extended journey of work, reconciling more than one activity, but they claim to give more atenttion to their childern and husbands or wives in their free time. All of the enterviewee people demonstrate be worried about the contemporary society consumption’s ways and ensure do money’s spent control. Additionally, they say that they offer guidances for their children about spend money ways.BThe maternal grandmothers of three enterviewee families are described as people that give more gifts to their grandsons and granddaughters than their own parents. One of them is responsible for the allowance - this is the only child that recieves this benefit. These grandmothers are qualified by their daughters as exaggerated consumption people, behavior that was considered negative, but they find it dificult to change. This information shows the relevance of the intergenerationality in the family behavior. In despite of they say that it’s important to manage the money well, the parents seems to have dificult to know how their income is distributed monthly. All of the enterviewee children consider “family” more importante than money or consumption. The present and the importance of the theme leave us to sugest the reasearchs continuation for more knowledge about this phenomenon.
Keywords: Consumo infantil
Dinheiro
Criança
Pai e Mãe
Família
Kinder’s Consumption
Money
Child
Father and Mother
Family
metadata.dc.subject.cnpq: Sociais e Humanidades
Multidisciplinar
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Catolica de Salvador
metadata.dc.publisher.initials: UCSAL
metadata.dc.publisher.department: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: Família na Sociedade Contemporânea
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ri.ucsal.br:8080/jspui/handle/prefix/509
Issue Date: 28-Feb-2018
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAORENATARODRIGUES.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.